Mais de 26 mil comparecem às provas da 1a fase do concurso da Prefeitura de Belém

A prova do concurso oferecido pela Prefeitura Municipal de Belém (PMB), por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), para preechimento de vagas para os cargos de professor e técnico pedagógico, transcorreu com tranquilidade na manhã deste domingo, 5.

O certame contava com 37.197 inscritos. Deles, o total de 11.149 não compareceu às provas pela manhã e tarde. Dessa forma, 26.048 se fizeram presentes. As provas para o exame ocorreram em 41 locais, entre escolas e instituições de ensino superior da capital paraense.

A Uninversidade da Amazônia (Unama), da avenida Alcindo Cacela, concentrou o maior número de candidatos. A pedagoga Karina Damas foi a primeira a chegar no espaço. Ela mora no município de Mãe do Rio, nordeste do Pará, e informou que estava em Belém, exclusivamente, para fazer o exame.

“Me preparei desde que saiu o edital do concurso, estou animada porque confio no que eu estudei e passar nessa prova vai ser a realização de um sonho”, declarou a candidata.

Os candidatos fizeram 50 questões objetivas, além da discursiva e ainda passarão por avaliação de títulos. Eles responderam questões referentes à Língua Portuguesa, Legislação, Noções de Informática, Conhecimentos Específicos e Atualidades.

As provas foram aplicadas em 699 salas durante o turno da manhã, das 8h às 12h, período que se registrou o número de 7.149 faltosos, correspondendo a 33,18% de ausências.

À tarde, as provas foram aplicadas em 463 salas, das 14h30 às 18h30, quando foram registrados 4.000 faltosos.

O concurso foi acompanhado de perto pelas secretárias municipais de Administração, Jurandir Novaes, e de Educação, Márcia Bittencourt. Elas estiveram no local para desejar boa sorte aos candidatos.

“Oferecer concursos públicos é o que defendemos como governo, professores efetivos concursados dentro da rede e valorizados. Isso representa para nós a esperança de ter mais servidores efetivos e garantir a qualidade da educação para nossas crianças, jovens, adultos e idosos na nossa rede municipal”, afirmou a titular da Semec.

Desde 2020, a população de Belém aguardava pela reailização do certame, que deveria ter ocorrido em 2 de abril, mas foi adiado pela gestão anterior, por causa da pandemia da covid-19.

“Vim hoje buscando um futuro melhor para mim e para minha família e passando vou realizar o trabalho com dedicação e muito amor”, enfatizou a professora Kelly Galvão.

Serviço público – A titular da Semad, Jurandir Novaes, ressaltou que serviço público é um direito e uma das formas de ingressar nele é por meio de concurso.

“Então, ser servidor público significa que o profissional vai ter uma carreira e pode planejar sua formação e projetar um futuro para a sua vida. O que pretendemos é buscar sempre a valorização do servidor e do serviço público”, frisou Novaes.

A comissão responsável por fiscalizar as etapas e execução do concurso é composta por uma presidente, três menbros e três suplentes todos servidores da Semad e da Semec.

Pela manhã o grupo se reuniu em frente à Unama Alcindo Cacela, para realizar a primeira fiscalização dos trabalhos realizados pela banca e acompanhar a chegada e acolhimento dos candidatos.

Posteriormente, seguiu às escolas estaduais Ulysses Guimarães e Deodoro de Mendonça, e não registrou nenhuma intecorrência. No período da tarde, a comissão visitou a Unama, Centro Educacional Olimpus, as Escolas Estaduais Justo Chermont e Jarbas Passarinho, tudo dentro da normalidade.

Na sexta-feira, 3, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, gravou um vídeo divulgado nas redes sociais da PMB, para desejar sorte a todos os inscritos.

“O concurso púbico garantirá carreira profissional e isso é importante para valorizar o servidor e garantir qualidade da educação pública e no serviço público”, disse o prefeito.

O gabarito preliminar será divulgado nesta segunda-feira, 6, e também serão disponibilizados o caderno de questões de cada candidato. Tudo estará disponível no site da Aocp.

Texto:
Carolina Boução